Usar tragédias para fazer ataques de phishing não é nenhuma novidade no mundo do cibercrime, recentemente a empresa FireEye descobriu uma campanha de phishing, segundo a empresa a autoria é do grupo hacker chines chamado “admin@338 “, um grupo especializado em espionagem. O objetivo do ataque era infectar funcionários do governo da Ásia com um anexo em PDF de um suposto relatório sobre o voo.

phishing-malaysia-airlines

O arquivo malicioso encontrado foi o Poison Ivy Rat, uma ferramenta de acesso remoto. O grupo chines também fez ataques em algumas organizações nos Estados Unidos no dia 14 de março, dessa vez foi usado um anexo que tentava se passar por um suposto vídeo em Flash sobre o voo do Malaysia Airlines.

Fontes:http://thehackernews.com/2014/03/malaysian-flight-mh370-tragedy-abused.html