No dia 19 de maio desse ano o FBI apresentou publicamente uma operação em conjunto com mais 18 países para prender os criadores, administradores e usuários do malware BlackShades, um RAT(Remote Administration Tool) que é capaz de espionar o computador do usuário infectado. O objetivo da operação foi destruir a rede de distribuição do BlackShades e com isso também acabar com a rede de computadores infectados. Mais de 100 pessoas já foram acusadas de espionagem e outros crimes virtuais, essa operação começou nas investigações do FBI sobre o comercio de cartões de credito em fóruns e sites clandestinos(Operation CardShop), investigando essas locais, os agentes do FBI perceberam a existência desse malware chamado BlackShades e começaram a investigar seus usuários e sua comercialização.

BlackShades se mostrou uma ótima ferramenta para usuários iniciantes, com uma interface simples o usuário poderia espionar sua vítima, seja vendo o que é digitado ou ligando sua webcam sem que o usuário percebesse. Os negócios para o malware estava indo tão bem que o seu criador, Alex Yucel (24 anos, Suécia) resolveu ampliar seu empreendimento, a organização BlackShades já contava com vendedores, administradores, um suporte técnico para seus clientes e até mesmo um diretor de marketing, sua receita entre setembro de 2010 e abril desse ano ficou em torno de 350.000,00 U$. Muitos usuários chegaram a quebrar seu anonimato e comprar o malware com suas contas do PayPal, o que facilitou e muito o trabalho do FBI, semana passada, dezenas de usuários de fóruns clandestinos começaram a relatar que estavam recebendo visitas de agentes da lei e sendo questionados sobre a compra do BlackShades.
Alex Yucel foi preso na Moldávia em novembro do ano passado e aguarda sua extradição para os Estados Unidos, Johnston Brendan, Kyle Fedorek e Marlen Rappa foram presos na manhã do dia 19 em suas residências nos Estados Unidos e aguardam o andamento do processo, todos eles são acusados de participar da organização, ajudando na divulgação e dando suporte técnico.

Particularmente não entendi bem o motivo do FBI e outras forças policiais de outros países criaram uma operação para pegar especificamente os usuários do BlackShades, existem centenas de RATs por ai, o DarkComet por exemplo, tem até site oficial ( http://darkcomet-rat.com/ ), muitas outras empresas criam programas do tipo para uso dos pais, para que possam verificar como seus filhos usam e se comportam na internet e se você quiser ler alguns dos documentos liberados pelo Eduard Snowden (Veja os documentos aqui) vai ver que muitas outras empresas existem unicamente para criar programas de espionagem em massa.Na minha opinião essa operação foi motivada pelo medo, principalmente do FBI, medo de uma espionagem vinda de algum país como China, Síria ou Irã, medo de que esses países usem esse software, que podia ser comprado por um valor muito barato(40,00 U$), para espionar a população americana, entre um computador e outro, o malware poderia(e pode) infectar o computador de um juiz, agente federal ou até mesmo de um senador.

Fontes:
http://www.justice.gov/usao/nys/pressreleases/May14/BlackshadesPR.php

http://www.fbi.gov/news/stories/2014/may/international-blackshades-malware-takedown/international-blackshades-malware-takedown

http://www.fbi.gov/newyork/press-releases/2012/manhattan-u.s.-attorney-and-fbi-assistant-director-in-charge-announce-24-arrests-in-eight-countries-as-part-of-international-cyber-crime-takedown

http://krebsonsecurity.com/2014/05/blackshades-trojan-users-had-it-coming/

Para saber se você foi infectado:
http://www.fbi.gov/news/stories/2014/may/international-blackshades-malware-takedown/could-your-computer-be-infected-by-blackshades